A sogra

Dona Maria, já com seus 70 e muitos anos, possuía um genro generoso, que todos os dias ia a um bar, a uns 4 quilômetros, aproximadamente, buscar um masso de cigarro. Um dia, a velha veio a falecer. O genro generoso, para despedida, colocou no caixão uns 20 pacotes do citado cigarro. Quando chegou um amigo e o alertou, perguntando:

_ Você realmente gostava mesmo de sua sogra? E ele respodeu que a adorava. O amigo lhe perguntou:

_ Já que você disse que gosta dela, eu acredito, vendo que você até mandou cigarros. E por que não manda também umas caixas de fósforo? E o genro respondeu:

_ Liga não, amigo, porque para onde ela vai existe muito fogo.

A sogra
Compartilhe

Mais Piadas de Bêbados

O Bêbado e o Vesgo

O vesgo estava andando, quando ia atravessar a rua, tromba com um bêbado. O vesgo, furioso, diz: — Você não olha por onde anda? E o bêbado: — E você que não anda por onde olha!

Compartilhe

No McDonalds

O bêbado chega no Mc Donalds e pede: - Me vê aí um sanduíche de mortadela! - Não temos, meu senhor - responde o atendente, todo educado, de olho no prêmio de funcionário exemplar [...]

Compartilhe

Bêbados na Ponte

Dois bêbados andando em cima da ponte de repente um deles cai na água e morre afogado. Quando o bêbado estava sendo retirado da água pelo os bombeiros, o outro bêbado chorando e la [...]

Compartilhe

Bira e o Códiog de Trânsito Brasileiro

• Rapaaaaz... Meu amigo bira cruzou ali a alexandrino de Alencar com a prudente de morais, alias, eu acho que todos os carro do mundo passam ali... meu amigo bira cruzou ali à 140 [...]

Compartilhe