Perseguida à mostra

A mocinha, muito dada ou, em outras palavras, vagabunda mesmo, foi comprar um par de sapatos vestida com uma micro-mini-saia e sem calcinha.

Quando ela se sentou pra calçar os sapatos o vendedor viu a dita cuja e ficou louco.

— Você é muito gostosa! — sussurrou ele — Eu queria encher essa bucetinha de sorvete e chupar tudinho!

Ela ficou chocada com a audácia do rapaz e voltou pra casa, furiosa.

— Maurício! — gritou ela, para o marido, logo que entrou — Eu fui comprar um par de sapatos sem calcinha, um vendedor viu a minha... a minha periquita e disse que queria encher ela de sorvete e chupar tudinho! Vai lá e dá uma surra nele!

— De jeito nenhum! — protestou o marido.

— Como assim "de jeito nenhum"?

— Eu não vou por três razões... Primeiro, você não precisa comprar sapatos, já que tem mais de cem pares no armário!

— Segundo, você não tem nada que ficar andando por aí com essa saia minúscula e sem calcinha! E, terceiro, um cara que consegue comer toda essa quantidade de sorvete deve ser grande pra cacete!

Postado há 3 anos

Deixe seu Comentário


Mais piadas de Humor Negro

Sexo na guerra

Um piloto de helicóptero do exército americano volta para sua base militar e corre para falar com o sargento: - Senhor, missão cumprida! Nós conseguimos destruir todas as aldeias...

Compartilhe

Dona Marisa

Dona Marisa Lula morreu e foi para o céu. Enquanto estava em frente a São Pedro nos Portões Celestiais, ela viu uma enorme parede com relógios atrás dele. Ela perguntou: - Que sã...

Compartilhe

Filho de Castigo

A mãe havia posto o filho de castigo: — Júnior, pare de rodar em volta do pé — ela disse. — Júnior, pare de rodar em volta do pé, eu já mandei! — Júnior, se você não parar de rodar...

Compartilhe

Abordada Por Um Tarado

Uma mulher muito bonita andava sozinha por uma rua deserta quando foi abordada por um tarado. Então pensou, vou dizer que tenho AIDS para ele desistir e ir embora. — Pare! Eu tenho...

Compartilhe

Educação canibalesca

Durante o almoço, a mãe dá a maior bronca no filhinho canibal: - Hanníbalzinho, quantas vezes já te disse para não falar com alguém na boca?

Compartilhe